Orientações

Aqui você acompanha algumas de nossas orientações e dicas sobre como manter a vida saudável, longe do stress.

Pressa, Excesso de Responsabilidade, Perfeccionismo podem elevar o Stress

A Pressão interna e autocobrança podem aumentar o nível de stress de uma pessoa. Pois, pessoas que apresentam estas fontes de stress internas, estão constantemente “correndo” para tentar satisfazer ou cumprir metas que, muitas vezes, não condizem com a realidade que estão vivenciando.  Isto, talvez, por escolha própria ou não, mas por exigências de trabalho ou afazeres do momento. Contudo, temos que alertar sobre as implicações destes pensamentos e cobranças, na manutenção de um padrão de comportamento, que ao longo do tempo poderá não somente aumentar o stress, mas também trazer prejuízos para à saúde.


•• veja mais

Ansiedade

ANSIEDADE, MEDO E TRANSTORNOS DE ANSIEDADE RELACIONADOS

Medo é a resposta emocional frente a uma ameaça imediata, seja ela real ou percebida, enquanto que ansiedade é a antecipação de ameaça futura.

Os transtornos de ansiedade incluem transtornos que compartilham características de medo e ansiedade excessivos e perturbações comportamentais relacionados. Porém os transtornos de ansiedade diferem entre si nos tipos de objetos ou situações que induzem medo, ansiedade ou comportamento de esquiva e na ideação cognitiva associada.


•• veja mais

Brincar

A importância do brincar para a saúde emocional da criança

Brincar é o que as crianças fazem, ou deveriam fazer a maior parte do dia. O ato de brincar pode ser dividido em uma série de atividades, e cada uma delas contribui de uma forma para a vida da maioria das crianças. Mas talvez uma das coisas mais importantes quanto ao ato de brincar seja o mundo verdadeiro, ainda que não seja real, para onde as crianças podem escapar.


•• veja mais

Como lidar com o TDAH na Infância

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha a pessoa por toda a sua vida.

Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade.


•• veja mais

Transtorno Bipolar

Transtorno bipolar não tratado ou tratado incorretamente pode causar lesões cerebrais

Por Dr Alessandro Gonçalves Lins de Albuquerque – CRMSP 84.269

O Transtorno Bipolar afeta 2,2% da população brasileira. E receber o diagnóstico correto pode levar até uma década para ocorrer.


•• veja mais

O Estresse da Criança ou Adolescente com Doença Crônica

A Organização Mundial da Saúde definiu que doenças crônicas são aquelas que são permanentes, produzem incapacidades ou deficiências, causadas por alterações patológicas irreversíveis, e que exigem adesão do paciente a um longo tratamento. A psicologia compreende que a decisão do paciente de aderir a um tratamento depende de diversos fatores: a percepção que ele tem sobre sua saúde, se há possibilidade de dor, deficiência ou morte, quais são os benefícios e prejuízos de realizá-lo, e como ele compreende as informações recebidas de profissionais de saúde, amigos e familiares sobre a doença. Se a pessoa opta por realizar o tratamento, é necessário o planejamento de uma série de comportamentos, portanto, a adesão também depende da aprendizagem, da motivação e da expectativa de sucesso.


•• veja mais

TDAH no Adulto

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) – é um comprometimento neurocomportamental, caracterizado por desatenção e hiperatividade/impulsividade que, frequentemente, resulta em prejuízo funcional.

Estudos sugerem que o TDAH ocorre na maioria das culturas em cerca de 2,5% dos adultos.


•• veja mais

Envelhecimento e Depressão

Ao processo de envelhecimento está associado o aumento de eventos estressógenos, como: perdas, aposentadoria, enfermidades, incapacidades físicas e diminuição de renda, sendo que estes eventos geralmente ocorrem em sucessão próxima um do outro ou ainda simultaneamente, prejudicando assim os esforços para enfrentá-los. Além disso, muitas vezes os idosos dispõem de menos recursos pessoais, sociais, de saúde e econômicos para enfrentar o stress.


•• veja mais

TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

O TOC é caracterizado pela presença de obsessões e/ou compulsões, sendo que obsessões são pensamentos ou imagens recorrentes e persistentes que são vivenciados como intrusivos, enquanto que compulsões são comportamentos repetitivos ou atos mentais que um indivíduo se sente obrigado a executar em resposta a uma obsessão ou de acordo com regras muito rígidas.


•• veja mais

Fibromialgia

É uma síndrome clínica que se manifesta, principalmente, com dor no corpo todo. Muitas vezes fica difícil definir se a dor é nos músculos ou nas articulações. Os pacientes costumam dizer que não há nenhum lugar do corpo que não doa. Junto com a dor, surgem sintomas como fadiga (cansaço), sono não reparador (a pessoa acorda cansada, com a sensação de que não dormiu) e outras alterações como problemas de memória e concentração, ansiedade, formigamentos/dormências, depressão, dores de cabeça, tontura e alterações intestinais. Uma característica da pessoa com Fibromialgia é a grande sensibilidade ao toque e à compressão de pontos nos corpos.


•• veja mais

Remoção de Tatuagem

Por Dr. Louis Lipp

Muitas pessoas me perguntam sobre este assunto e suspeito que muitos que fazem tatuagens não pensam o suficiente, antes de mandar fazer a obra de arte permanente em seu corpo.

Ouvi muitos falarem, “Qualquer coisa mando tirar, hoje em dia é fácil, tem laser”.


•• veja mais

COMO LIDAR COM A RESSACA DE ACORDO COM A CIÊNCIA

Por: Dr. Louis Mario N. Lipp

 

OBSERVAÇÃO este texto deve ser lido ANTES de beber. Tentar ler depois vai só aumentar a dor de cabeça. Garantido.

Recomendações já testadas em voluntários

 

Depois de uma bebedeira intensa não tome Tylenol (acetaminofeno ou paracetamol) para a dor de cabeça, jamais!
•• veja mais

Alimentos e hábitos alimentares que podem ajudar na prevenção da enxaqueca

Por Dr Alessandro G. Lins de Albuquerque, neurologista e Dra Gabriela Peres, nutricionista

A enxaqueca, ou migrânea, é um dos tipos existentes de cefaleia (dor de cabeça). A migrânea se caracteriza por uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça (às vezes dos dois), geralmente acompanhada de fotofobia (hipersensibilidade à claridade), osmofobia (hipersensibilidade a odores), fonofobia (intolerância a ruídos ou som alto), náusea e vômito. A duração da crise varia de quatro a 72 horas, podendo ser mais curta em crianças.
•• veja mais

NARCOLEPSIA – Quadro clínico e tratamento

Por Dr. Alessandro Lins de Albuquerque

Os transtornos do sono são altamente prevalentes na população em geral, intimamente relacionados ao alto nível de estresse a que as pessoas se encontram submetidas no dia a dia. Sua associação a diferentes transtornos mentais e emocionais é tão marcante, que é muito raro alguém com algum diagnóstico psiquiátrico ou sofrendo de algum nível de estresse que não tenha pelo menos uma queixa relacionada ao sono.
•• veja mais